Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

No comando: BAGACEIROS 93 – ELAMPIO E ZÉ DO BALDE

Das 05:00 às 07:00

No comando: BOM DIA PRINCESA COM BRUNO MEIRELES

Das 07:00 às 09:00

No comando: PROGRAMA SÓ O FILÉ COM NEL FERNANDES

Das 09:00 às 12:00

No comando: EU GOSPEL DE VOCÊ COM RAILSON

Das 13:00 às 14:00

No comando: NA PRESSÃO COM ADRYANA RAKEL

Das 15:00 às 17:00

imagem-programa-caldeirao
No comando: CALDEIRÃO DO RISO COM MARICOTA SHOW

Das 17:00 às 19:00

No comando: SAUDADE SERTANEJA COM GLEIDSON TEXANO

Das 20:00 às 22:00

No comando: RITMUS 93 COM ANDERSON PESSOA

Das 22:00 às 00:00

Motorista que avançou preferencial e provocou a morte de duas pessoas é liberado após prestar depoimento

Compartilhe:
carro-e-moto1

O catarinense Wilson Giachini, condutor da caminhonete S-10 que se envolveu em acidente com uma motocicleta por volta das 16h de quarta-feira (21), no cruzamento das avenidas Brasília e Turiano Meira, bairro Santíssimo, em Santarém, oeste do Pará, provocando a morte do casal Juscelino Barbosa, 48 anos, e Cláudia Regina Marmitt, 46 anos, foi liberado pela polícia logo após registrar boletim de ocorrência na 16ª Seccional Urbana de Polícia Civil.

O B.O foi registrado às 19h29 de quarta-feira. Giachini relatou que seguia pela avenida Brasília sentido bairro Prainha/Aeroporto Velho e que ao chegar ao cruzamento com a Turiano Meira, parou obedecendo a sinalização. Disse ainda que não viu a motocicleta seguindo pela Turiano Meira, por isso seguiu em frente e ao chegar ao meio da pista foi surpreendido com um barulho e a abertura do airbag. Ele teria para logo à frente e só então percebeu que havia ocorrido um acidente com uma motocicleta e que o condutor da moto já estava sem vida.

Giachini contou também que a ambulância do Samu chegou poucos minutos depois e levou Cláudia Regina Marmitt para o Pronto Socorro Municipal em estado grave, e por volta das 16h40, recebeu a notícia de que ela também havia morrido.

O condutor da caminhonete foi submetido ao teste de etilômetro, cujo resultado foi 0,00mg/l de álcool por litro de ar expelido dos pulmões.

Testemunhas que estavam às proximidades do local do acidente informaram aos policiais militares que estiveram lá, que Giachini avançou a preferencial. A polícia apura as circunstâncias do acidente.

Deixe seu comentário:

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Curta no social